DSpace at My University FC - Faculdade de Ciências FC - Matemática
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.uem.mz/handle/123456789/1582
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Modelo de Integração de Dados Espaciais
Autor(es): Ernesto, Inalda Marina Pereira
Primeiro Orientador: Saugene, Zeferino
Segundo Orientador: Juvane, Márcia
Resumo: A integração de dados espaciais é uma questão cada vez mais importante, tendo em vista o crescente volume de dados espaciais provenientes de diversas fontes existentes nas organizações ou instituições. Ela consiste em extrair dados de diferentes fontes e origens (por exemplo de bases de dados), aplicar transformações (juntar, calcular, verificar duplicados, procurar, etc.) a estes dados e enviar os resultados para o sistema destino (usuário), fornecendo aos usuários do mesmo, uma visão unificada dos dados e a possibilidade de poder manipulá-los, deixando de fora qualquer informação que não se aplica à pesquisa ou consulta. A dificuldade de partilha e intercâmbio de dados espaciais já tem constituido um problema, para o caso específico de Moçambique, devido a existência de muitas instituições que fazem o tratamento e uso de dados espaciais, segundo os seus interesses em termos de formatos, padrões, etc., e usuários com diferentes interesses e necessidades, desejando acessar diferentes fontes de dados espaciais. Contudo, o presente trabalho tem por objectivo propor e apresentar um modelo de integração de dados, para os principais dados espaciais partilhados entre as instituições públicas de Moçambique, como o CENACARTA, o INE, o MINED e a DNA, sob uma abordagem de catálogo de metadados, melhorando deste modo o ambiente actual de partilha e intercâmbio dos dados, e permitindo uma maior disponibilização e uso destes dados nos seus processos de tomada de decisão. O protótipo de uma aplicação WEB-GIS, desenvolvido como forma de minimizar os problemas relacionados com a partilha e o intercâmbio de dados espaciais entre estas instituições, foi baseado nas tecnologias WEB-GIS como o GeoExt, o ExtJS, o OpenLayers e o GeoServer. O ExtJS é uma biblioteca JavaScript do lado do cliente para a construção de interfaces dos usuários. O GeoExt adiciona extensões para o ExtJS que oferece componentes básicos do ExtJS para as características do OpenLayers, que por sua vez oferece habilidades para colocar mapas na WEB facilmente. Como SGBD foi usado o PostgreSQL com a extensão espacial, o PostGIS, tendo sido no final, avaliada a aplicabilidade, em termos de vantagens e desvantegens da implementação do modelo proposto. Espera-se que, este trabalho venha a contribuir em grande medida para a melhoria do ambiente actual de partilha e intercâmbio de dados e informação espacial no país, através duma maior disponibilização e uso de dados espaciais, no formato e com a qualidade desejada pelos seus utilizadores.
Abstract: The integration of spatial data is an increasingly important issue, given the growing volume of spatial data from different sources existing in organizations or institutions. It consists of extracting data from different sources and sources (eg from databases), applying transformations (merge, calculate, check for duplicates, search, etc.) to this data and send the results to the target system (user), providing to its users, a unified view of the data and the possibility of being able to manipulate them, leaving out any information that does not apply to the research or consultation. The difficulty of sharing and exchanging spatial data has already been a problem, for the specific case of Mozambique, due to the existence of many institutions that process and use spatial data, according to their interests in terms of formats, standards, etc. ., and users with different interests and needs, wanting to access different sources of spatial data. However, the present work aims to propose and present a data integration model, for the main spatial data shared between public institutions in Mozambique, such as CENACARTA, INE, MINED and DNA, under a catalog of metadata, thus improving the current environment for sharing and exchanging data, and allowing greater availability and use of this data in your decision-making processes. The prototype of a WEB-GIS application, developed as a way to minimize the problems related to the sharing and exchange of spatial data between these institutions, was based on WEB-GIS technologies such as GeoExt, ExtJS, OpenLayers and GeoServer. ExtJS is a client-side JavaScript library for building user interfaces. GeoExt adds extensions to ExtJS that provide basic ExtJS components to the OpenLayers features, which in turn offer the ability to easily place maps on the WEB. As DBMS, PostgreSQL was used with the spatial extension, PostGIS, and the applicability was evaluated in the end, in terms of advantages and disadvantages of the implementation of the proposed model. It is expected that this work will greatly contribute to the improvement of the current environment for sharing and exchanging data and spatial information in the country, through greater availability and use of spatial data, in the format and with the quality desired by its users.
Palavras-chave: Dados Espaciais
Aplicação WEB-GIS
CNPq: Ciências Exactas e da Terra
Matemática
Idioma: por
País: Moçambique
Editor: Universidade Eduardo Mondlane
Sigla da Instituição: UEM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Ciências
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://monografias.uem.mz/handle/123456789/1582
Data do documento: 1-Nov-2010
Aparece nas coleções:FC - Matemática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
2010 - Ernesto, Inalda Marina Pereira .pdf.doc15.5 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.