DSpace at My University FAEF - Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal FAEF - Engenharia Florestal
Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://monografias.uem.mz/handle/123456789/1754
Tipo: Trabalho de Conclusão de Curso
Título: Reconhecimento de alguns aspectos sócio-económicos da exploração e comercialização de caniço entre Maputo e Palmeiras
Autor(es): Pene, Leonardo Rosário Manuel
Primeiro Orientador: Rulkens, A.
Resumo: O presente trabalho de licenciatura disserta sobre caniço (Phragmitesspp.), um produto florestal não madereiro. O estudo foi realizado na cidade de Maputo e Palmeiras, na Zona sul de Moçambique. O mesmo tem como objectivo principal analisar o conjunto de medidas e operações ligadas a exploração, comercialização e o uso de caniço. Visa especiifcamente descrever e analisar todo o processo que leva à transformação de caniço em produto de utilidade sócio-económica ou seja, desde a exploração ao consumo final. A exploaração de caniço é regulada por lei, através do Diploma Legislativo nr 2642/65 de 20 de Setembro e o seu exercício se faz mediante porte duma licença. Os locais de exploração de caniço visitados situam-se nos distritos de Marracuene e Manhiça, a norte da província de Maputo. Constatou-se que os acniceiros são na sua maioria agricultores familiarese que o processo de exploraçÃo de caniço compreende o periodo pré-corte, o período do corte e o período pós-corte, e que o primeiro período observa as fases de preparação, reconhecimento, de identificação e de negociação. Depois de corte o caniço é processado, obedecendo as operações de limpeza, da amaração e de secagem, para depois ser transportado para as bermas da Estrada Nacional nr 1, onde é adquirido pelos comerciantes ao preço de 2.500.00Mt em Palmeiras e Manhiça e 3.000.00 Mt em Marracuene. O transporte das zonas de exploração aos mercados é feito mediante frete duma viatura contra o pagamento de 1.500.00Mt/feixe a partir de Palmeiras e Manhiça e, 1.000.00Mt/feixe a partir de Marracuene. Em Maputo, o preço do caniço varia de mercado para mercado e do nível de revenda, oscilando entre 6.000.00Mt/feixe e 10.000.00Mt/feixe. O caniço é usado para fazer as paredes e coberturas das casas, vedações, para a construção de armadilhas para peixes, para a construção de capoeiras e actualmente, para a construção de quiosques. Do trabalho pode-se concluir que a recolha e comercialização do caniço é uma actividade que providencia para muitas famílias ruraus e suburbanas materias de construção e rendimentos fora do trabalho agrícola.
Abstract: The present degree work is a dissertation on reed (Phragmitesspp.), a non-timber forest product. The study was carried out in the cities of Maputo and Palmeiras, in the southern part of Mozambique. Its main objective is to analyze the set of measures and operations related to the exploration, commercialization and use of reeds. It specifically aims to describe and analyze the entire process that leads to the transformation of reeds into a product of socio-economic utility, that is, from exploration to final consumption. The logging of reeds is regulated by law, through Legislative Diploma nr 2642/65 of 20 September and its exercise is carried out by means of a license. The reed exploration sites visited are located in the districts of Marracuene and Manhiça, in the north of Maputo province. It was found that the reeds are mostly family farmers and that the reed exploration process comprises the pre-cut period, the cut period and the post-cut period, and that the first period observes the stages of preparation, recognition, identification and negotiation. After cutting, the reed is processed, following cleaning, mooring and drying operations, and then transported to the sides of National Road nr 1, where it is purchased by merchants at the price of 2,500.00Mt in Palmeiras and Manhiça and 3,000 .00 Mt in Marracuene. Transport from the exploration zones to the markets is done by freighting a vehicle against payment of 1,500.00Mt/bundle from Palmeiras and Manhiça and 1,000.00Mt/bundle from Marracuene. In Maputo, the price of reeds varies from market to market and from the resale level, ranging from 6,000.00Mt/bundle to 10,000.00Mt/bundle. The reed is used to make the walls and roofs of houses, fences, for the construction of fish traps, for the construction of poultry houses and nowadays, for the construction of kiosks. From the work it can be concluded that the collection and sale of reeds is an activity that provides many rural and suburban families with materials for construction and income outside of agricultural work.
Palavras-chave: Caniço
Exploração e comercialização
Maputo e Palmeiras
CNPq: Ciências Agrárias
Recursos florestais e engenharia florestal
Idioma: por
País: Moçambique
Editor: Universidade Eduardo Mondlane
Sigla da Instituição: UEM
metadata.dc.publisher.department: Faculdade de Agronomia e Engenharia Florestal
Tipo de Acesso: Acesso Aberto
URI: http://monografias.uem.mz/handle/123456789/1754
Data do documento: 2-Dez-1998
Aparece nas coleções:FAEF - Engenharia Florestal

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
1998 - Pene, Leonardo Rosário Manuel.pdf1.22 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.